Dia com muitos abraços celebrou o Setembro Amarelo na Rensoftware

Os momentos de acolhimento aconteceram durante todo o período de trabalho e com direito à palestra com uma psicóloga

Você sabe a importância de oferecer e receber um abraço dentro do ambiente de trabalho? Essa foi a proposta de um grupo de colaboradores da Rensoftware em alusão ao Setembro Amarelo, que propõe debater abertamente e com muita consciência a questão do suicídio.

 Na última sexta, dia 27, José Ribamar (Consultoria de Soluções), Janaína Alves (Consultoria de Soluções), Lucas Andrade (Desenvolvimento), Ricardo Batista (Desenvolvimento) e Caroline Barbosa (Financeiro) mobilizaram os demais colegas para uma recepção cheia de alegria e abraços, logo cedo, no hall principal da empresa.

Os participantes ainda estava com plaquinhas com os dizeres “Abrace-me e deixa eu te abraçar!”, “Posso te abraçar?” e “Eu quero um abraço!”. Conforme os colaboradores chegaram para trabalhar, foram surpreendidos com a ação.

“Foi um momento bem diferente e bem legal aqui na empresa. Receber e poder abraçar quem passa boa parte do dia conosco foi especial. A Rensoftware sempre está preocupada com essa interação da equipe e momentos como esses”, agradeceu Lathoya Hellen do departamento Financeiro.

E a celebração continuou…

Após retornarem do almoço, os colaboradores foram recebidos com bombons e um convite para um momento especial no final do dia, uma palestra sobre como melhorar o ambiente de trabalho a partir do acolhimento.

“Uma das missões da Rensoftware é cuidar do bem estar do colaborador e sempre ouvi-lo. É importante abraçar, interagir, ouvir, não só nesse mês de setembro, mas também durante todo o ano! Ficamos felizes com o retorno que tivemos de cada um”, afirmou Renye Costa CEO Founder da Rensoftware

A palestra voltada para a importância de expressar e sentir cada emoção da vida foi ministrada pela Psicóloga Graziela Carvalho Piva

“Nós sempre nos privamos de sentir. E isso desencadeia muitas coisas desagradáveis. Nós, enquanto seres humanos, precisamos chorar, sorrir, ficar tristes ou felizes, perder e ganhar. Por que isso faz parte de um processo que todos precisamos respeitar. Isso foi um pouco do que passamos hoje para os colaboradores nessa palestra”, disse Graziela. 

 



Deixe uma resposta